APFB — Especificações Técnicas

Apesar de sua leveza e portabilidade, a APFB apresenta uma classificação de carga militar (MLC) de 35 para o transporte de veículos de rodas ou lagartas. Ela pode ser usada como ponte sobre áreas secas ou cursos d’água, pode ser utilizada como sobreponte, ou empregada como um sistema de barcaça independente.

As APFB’s podem ser instaladas e operadas rapidamente por unidades leves, avançadas e aerotransportadas ou por equipes de socorro em caso de calamidade pública, em uma grande variedade de condições operacionais e climáticas.

A APFB é projetada para proporcionar facilidade de transporte em terra, mar e ar, e pode ser configurada para transporte mediante o uso dos seus próprios reboques, veículos DROPS específicos, de plataforma plana, ou containers padrão ISO.

As APFB’s podem ser transportadas a bordo de aeronaves C-130, por helicópteros, sob a forma de carga externa, ou lançadas de paraquedas em Plataformas de Média Resistência (MSP’s). Elas também podem ser transportadas por veículos leves comuns, caminhões e utilitários, tanto para finalidades militares quanto civis.

Um helicóptero Chinook coloca uma carga DROPS em posição
Um helicóptero Chinook coloque uma carga DROPS em posição

O sistema APFB completo consiste de:

APFB Reforçada

O lançamento da nova MGB de um Único Piso com Articulação de Reforço permite a
manutenção da capacidade de carga da MGB, de MLC 35, em um vão máximo de até 29,2 metros.

Uma capacidade de carga de MLC 35 em 29,2 metros
Uma capacidade de carga de MLC 35 em 29,2 metros

O Conjunto de Articulação de Reforço inclui um novo mastro principal ajustável,
articulações de reforço e de tensão, que são usadas além das articulações de reforço padrão, pinos e conjuntos tensionadores da MGB.

A Ponte APFB Reforçada pode ser construída em água corrente. A instalação é mais rápida do que ocorreria com os métodos tradicionais de construção, graças à introdução de rampas e roletes de lançamento e recuperação de ponte, que permitem a fixação da ponte ao solo.

A Ponte APFB Reforçada possui um novo sistema modular de prevenção de quedas, que proporciona maior segurança durante a construção.

O sistema consiste de uma linha de segurança acima de cada viga. Cada operador usa um arnês fixo, por meio de cintas retráteis, a duas linhas suspensas a partir de cada viga. Isso
proporciona maior segurança sem aumentar o tempo de construção.

APFB Avançada e Aerotransportada

A APFB Avançada e Aerotransportada é uma ponte de vão único que se destina a ser utilizada em vãos de até 14,5 metros com classificação MLC 35. O equipamento é ideal para ser instalado e operado por unidades leves, avançadas e aerotransportadas.

No modo Avançado e Aerotransportado, as seções da ponte e o equipamento de lançamento são transportados até o local de instalação em até seis reboques, cada um dos quais pode ser rebocado por veículos leves comuns. Quatro dos reboques, projetados especificamente para o transporte da ponte, quando desmontados, podem ser transportados em um único veículo DROPS de plataforma plana.

Os painéis superiores são afixados em tandem.
Os painéis superiores são afixados em tandem.

Todos os componentes da APFB Avançada e Aerotransportada foram projetados tendo em vista a possibilidade de serem carregados no espaço disponível dos reboques e minimizar o peso. Isso inclui uma viga espaçadora, que consiste de três peças, uma viga rolante de duas peças e as rampas de acesso — caracterizadas pela leveza.

A APFB Avançada e Aerotransportada básica consiste de duas vigas, compostas por painéis superiores, fixas uma à outra pelas extremidades, espaçadas e suportadas em cada
extremidade da ponte por vigas espaçadoras. Rampas de acesso são instaladas em ambas as extremidades, seguidas de unidades transversais de tabuleiro que preenchem o espaço entre as vigas principais, o que resulta em um tabuleiro com quatro metros de largura.

Sobreponte APFB

Quando a infraestrutura de ponte tradicional tiver sido danificada ou não puder mais suportar tráfego pesado, a Sobreponte APFB pode ser instalada, o que permite a continuidade do tráfego civil e militar.

A inclusão de cunhas — transportadas no reboque — em seções-chave da ponte assegura a manutenção da Sobreponte a uma altura que a impeça de tocar a ponte danificada que se encontra abaixo dela.

A Sobreponte APFB, com um vão de até 14,5 metros, apresenta uma classificação de MLC 35, tanto para veículos providos de rodas quanto para aqueles equipados com lagartas. Assim como a Ponte Avançada e Aerotransportada, a Sobreponte se destina à utilização por unidades leves, avançadas e aerotransportadas.

Barcaça APFB

Uma Barcaça APFB
Uma Barcaça APFB

A Barcaça APFB é uma unidade livre tipo barcaça roll on/roll off com uma classificação MLC de 35. Ela suporta tanto os veículos providos de rodas quanto aqueles equipados com lagartas. Trata-se de uma ponte modular, com baias articuladas de desembarque em cada extremidade, montada sobre seis unidades flutuantes.

A estrutura da ponte é atrelada às unidades de flutuação por meio de dispositivos de fixação. Duas unidades de flutuação possuem grupos moto-propulsores a diesel, o que torna o
conjunto altamente manobrável.

A Barcaça APFB se baseia na comprovadamente eficaz Barcaça MLC 27, com o acréscimo de uma articulação rígida que permite a elevação da capacidade de carga para MLC 35. Cada unidade de flutuação inclui um sistema automático cuja função é remover toda a água que se encontrar no seu interior. O sistema hidráulico usado para erguer e baixar as baias de desembarque é acionado pelos motores a diesel das unidades de flutuação.

Uma passarela nas unidades de flutuação permite que a tripulação circule livremente quando a barcaça estiver transportando cargas de grande porte.

As seis unidades de flutuação da Barcaça APFB são transportas em dois veículos DROPS específicos, de plataforma plana, com uma unidade auto-propulsada e duas unidades padrão por veículo.

Um sistema incorporado de liberação lança as unidades de flutuação sequencialmente na água. Um sistema integrado de talha em cada veículo DROPS de plataforma plana recupera as unidades de flutuação.

Transporte da APFB

A natureza modular da APFB permite a sua configuração em vários conjuntos diferentes em conformidade com uma série de requisitos militares ou de assistência em caso de calamidades ou emergências.

O sistema completo APFB está configurado para o armazenamento e transporte mediante a utilização de seis unidades padrão e duas unidades específicas DROPS de plataforma plana.

Descarregamento de um MMLC
Descarregamento de um MMLC
Cada unidade de plataforma plana pode ser transportada por veículos MMLC e IMMLC, por helicópteros, como carga externa, a bordo de aeronaves C-130, ou reconfiguradas para envio em containers ISO.

Embora o sistema contenha os equipamentos para cumprir todos os requisitos das opções de instalação, oito unidades DROPS de plataforma plana são necessárias para transportá-lo. Se o reconhecimento demonstrar que há necessidade de atender apenas a alguns requisitos de instalação, as cargas DROPS podem ser reconfiguradas para reduzir os requisitos de ordem logística. Cinco outras configurações podem ser utilizadas, e podem reduzir o número de veículos a apenas três, em certos casos.

Utilização da APFB em caso de calamidade pública

Uma operação de apoio em situação de calamidade pública
Uma operação de apoio em situação de calamidade pública

O tsunami de dezembro de 2004 demonstrou que a perda de pontes é um dos problemas
críticos que as equipes de socorro têm que enfrentar em situações de emergência.

Após terremotos ou inundações, os danos causados às pontes podem inviabilizar a movimentação de suprimentos e pessoas, em quantidade suficiente e com a rapidez que a situação impõe.

As pontes e barcaças APFB estão prontas para instalação imediata nas situações em que as travessias se fazem necessárias para restituir ou possibilitar novo acesso para que se possa chegar às pessoas que necessitam de ajuda.

Qualquer equipe de rápida reação integrada a um exército, órgão público, entidade assistencial ou ONG, que possua os recursos necessários, pode enviar uma APFB de um centro de armazenamento centralizado ou regional para qualquer lugar no mundo dentro de 48 horas.

Com uma APFB instalada, em condições de suportar caminhões de 35 toneladas, comboios de socorro podem começar a trafegar imediatamente.

Podendo ser transportada para qualquer parte do mundo a bordo de aeronaves militares C-130 Hércules, ou cargueiros civis, uma APFB pode ser rebocada até as áreas mais remotas por um caminhão leve, um utilitário, ou pode ser entregue no local por um helicóptero.

Os componentes-padrão não requerem habilidades associadas ao projeto de pontes no local.

Portanto a montagem pode ser feita fácil e rapidamente por pessoal treinado, manualmente, em poucas horas, sem equipamentos pesados de içamento, e a estrutura final não requer
manutenção.

A APFB apresenta baixo impacto ambiental, pois dispensa a construção de grandes fundações que poderiam afetar os ecossistemas locais.

APFB — Especificações Técnica

A APFB é uma ponte tipo tabuleiro de construção modular, baseada na MGB de um único piso, utilizada por 38 exércitos no mundo inteiro.

MGB Avançada e Aerotransportada
Vão Máximo14,5m Largura4m
Classificação de Carga Militar (MLC)35
Equipe necessária para a montagem12 soldados + 1 cabo ou sargento
Sobreponte MGB
Vão Máximo14,5m de comprimento (exceto rampas)
Largura 4m
Classificação de Carga Militar (MLC)35
Equipe necessária para a montagem12 soldados + 1 cabo ou sargento
MGB Reforçada da um único piso
Vão Máximo29,2m
Largura4m
Classificação de Carga Militar (MLC)35
Equipe necessária para a montagem24 soldados + 1 cabo ou sargento
Barcaça MGB
Inclui 6 pontões, dois dos quais são auto-propulsados
Vão MáximoLivre Movimentação
Largura4m
Classificação de Carga Militar (MLC)35
Equipe necessária para a montagem14 soldados + 1 cabo ou sargento

Para maiores informações: